PREFEITO NILSON GASPAR INFORMA SOBRE APLICAÇÃO DA FASE EMERGENCIAL EM INDAIATUBA

Compartilhe:

Novas regras estarão em vigor no período de 15 a 30 de março

O Prefeito Nilson Gaspar (MDB) promoveu uma transmissão ao vivo através das redes sociais da Prefeitura de Indaiatuba na tarde desta sexta-feira (12) abordando a aplicação da Fase Emergencial do Plano São Paulo no município. Essa nova fase, anunciada no dia de ontem pelo Governo Estadual, estabelece medidas mais duras de restrição de algumas atividades entre os dias 15 e 30 de março.

O gestor municipal reforçou que este é o momento que depende da colaboração de todos. “Estamos trabalhando diariamente para buscar soluções para enfrentarmos essa situação difícil, mas para sairmos dessa crise dependemos da colaboração de todos. Não é hora de fazer festa, comemoração ou nenhum tipo de aglomeração, pois a atitude irresponsável daqueles que frequentam esses lugares está causando esse enorme transtorno para todo o sistema de saúde, público e privado, adoecendo pessoas e causando mortes”.

Ele destacou ainda a preocupação com a escassez de profissionais e medicamentos nesse momento. “Os profissionais que estão atuando na linha de frente desde o ano passado já estão esgotados e é muito difícil encontrar pessoas com conhecimento e experiência para atuar nas UTIs de covid-19. Com a crise de saúde em todo o país, tememos ainda que venha a faltar medicamentos essenciais, como os anestésicos. Volto a pedir então para que usem máscara, evitem sair de casa e não aglomerem. Enquanto poder público vamos fazer a nossa parte para preservar a vida e a saúde do povo indaiatubano, faça você também a sua”, ressaltou.

A secretária de Relações Institucionais e Comunicação, Graziela Milani, informou que a Administração Municipal mantém 13 equipes de fiscalização atuando na cidade, entre elas profissionais do Departamento de Fiscalização, do Departamento de Vigilância Sanitária e da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, observando o cumprimento das medidas restritivas.

Denúncias podem ser feitas pelos seguintes canais: email: secretarias@cvs.saude.sp.gov.br; telefone: 0800 771 3541 ou através do site do www.procon.sp.gov.br. Outras dúvidas também podem ser esclarecidas pelos canais de comunicação da Prefeitura de Indaiatuba, entre eles o telefone 0800 770 7702; WhatsApp (19) 99773-4701 e também pelo Facebook (Prefeitura de Indaiatuba) ou Instagram @prefaindaiatuba.

FASE EMERGENCIAL

Na fase emergencial, que ocorrerá de 15 a 30 de março, continuará vigorando a proibição de aglomeração de pessoas e restrição de circulação das 20h às 5h, o uso obrigatório de máscaras e ambientes internos e externos e a proibição do uso de parques públicos. Estão proibidos nessa fase o walk thru (serviços de retirada pessoal de alimentos e produtos ao cliente em todos os setores), as atividades esportivas coletivas e as atividades religiosas. Vale lembrar que as igrejas e templos poderão ser mantidos abertos para atendimentos individuais, mas as atividades coletivas, como cultos e missão, estão proibidas.

Atividades essenciais com atendimento presencial poderão ocorrer entre às 5h e às 20h, mesmo horário em que o serviço de drive thru será permitido.  As atividades com delivery serão permitidos por 24h.

São considerados serviços essenciais:

– Açougues, mercados, supermercados, mercearias, quitandas e hortifrugranjeiros;

– Padarias, peixarias, feiras livres e lojas de venda de água mineral;

– Hotéis e Pousadas;

– Farmácias, drogarias e serviços de saúde;

– Clínicas médicas, odontológicas

– Hospitais e maternidades;

– Clínicas e hospitais veterinários, petshops e lojas de venda de alimentação para animais;

– Instituições bancárias, correios e entrega de correspondências e mercadorias

– Transportes público, transportes individual e estacionamentos;

– Distribuidoras e distribuidoras de gás;

– Oficinas mecânicas, bicicletarias, borracharias e postos de combustíveis;

– Serviços funerários e cemitérios;

– Assistências técnicas em geral, bancas de jornal e casas lotéricas

Restaurantes e outros estabelecimentos comerciais não essenciais poderão funcionar por meio de drive thru e delivery. O atendimento presencial não é permitido nessa fase. Para escritórios e quaisquer outras atividades consideradas não essenciais será obrigatório o tele-trabalho (home office).

O atendimento presencial ao público no Paço Municipal continuará reduzido, ocorrendo de segunda a sexta-feira das 8h às 15h. O horário de funcionamento interno será mantido das 8h às 17h, inclusive para atendimento telefônico. Alguns serviços realizados com agendamento, como o cadastro habitacional, poderão ser reagendados, visando a redução de circulação de pessoas nesse período. Os serviços considerados essenciais, como unidades de saúde e de pronto atendimento, Guarda Civil e coleta de lixo serão mantidos.

MEU COMÉRCIO

A Prefeitura de Indaiatuba disponibiliza em sua página na internet a plataforma ‘Meu Comércio’, que tem como objetivo auxiliar comerciantes e cidadãos nesse momento de isolamento social. Trata-se de um espaço para a divulgação dos comércios que adaptaram seus serviços para a realidade atual, oferecendo vendas pela internet, WhatsApp, delivery e drive-thru.

O consumidor tem a opção de fazer pesquisas por categoria ou nome do estabelecimento. O ‘Meu Comércio’ pode ser acessado através do link https://www.indaiatuba.sp.gov.br/meu-comercio/. A iniciativa tem o apoio da Aciai (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Indaiatuba) e conta atualmente com 505 comércios cadastrados.

EDUCAÇÃO

Também presente durante a transmissão ao vivo, a secretária de educação, Rita de Cássia Trasferetti, informou que, embora a educação seja considerada um serviço essencial, este é um momento para todos colaborarem. “Espero que todos entendam essa difícil decisão que tivemos que tomar de antecipação do recesso escolar, mas que será a nossa contribuição para a diminuir a circulação de pessoas e, consequentemente, a circulação do vírus”, comentou.

Em Indaiatuba o recesso de julho nas escolas municipais será antecipado para o período de 15 a 31 de março. Sendo assim todas as crianças e professores das escolas estarão em casa e as atividades que serão disponibilizadas na plataforma “Minha Lição” não serão obrigatórias e não haverá entrega das atividades impressas nesse período. As escolas municipais estarão abertas de segunda a sexta-feira das 8h às 12h para a efetivação de matrículas, transferências e outras informações, mas a orientação é que as pessoas entrem em contato por telefone, evitando ter que se dirigir à escola nesse período.

As escolas estaduais terão o recesso de abril e outubro antecipados. De 15 a 31 de março as unidades permanecerão abertas para a entrega de materiais com agendamento prévio.

As escolas particulares também foram orientadas a antecipar o recesso escolar ou a adoção de aulas online, ficando a critério de cada uma a adoção dessas medida. Para aquelas que optarem por continuar em funcionamento, as aulas presenciais são permitidas com até 35% de ocupação em sala de aula.

Prefeito Nilson Gaspar (MDB) informou que já abriu processo licitatório para a aquisição de kits de alimentação para as famílias cujos filhos estudam na rede municipal de educação. “Vamos retomar a distribuição das cestas básicas enquanto perdurar o recesso das aulas, assim como no ano passado. Logo que a aquisição for efetivada vamos informar a data e como será feita a entrega para as famílias dos estudantes”, disse.

REDATOR: Darlene Ribeiro

Leia o anterior

Guarda Civil de Indaiatuba recupera veículo furtado em Araçoiaba da Serra

Leia a seguir

Secretário de Assistência Social Hélio Ribeiro visita unidades assistenciais de Indaiatuba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *