Projeto Horta Solidária faz balanço das últimas colheitas destinadas às Organizações da Sociedade Civil

Compartilhe:

Resumo de março e abril foi apresentado pelo Cresans na última terça-feira (11)

O Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cresans) divulgou na última terça-feira (11) o relatório referente as colheitas de hortaliças livres de agrotóxicos de março e abril destinada às Organizações da Sociedade Civil (OSC) por meio do Projeto Horta Solidária.

No total foram doados 240 pés de alface, 14 pacotes de cebolinha, 8 pacotes de salsinha, 87 berinjelas, 2 pés de manjericão e 6 maços de cidreira que foram destinados ao Lar dos Velhos Emmanuel, Manaem, CECAL, ABID e Casa da Fraternidade.

O Projeto Horta Solidária tem por objetivo a melhoria do padrão alimentar das famílias em situação de vulnerabilidade social, parte da produção vai para as Organizações da Sociedade Civil, regularmente inscritas nos Conselhos pertinentes, para a utilização no Projeto de Educação Alimentar e para o aumento da oferta de alimentos livres de agrotóxicos em Indaiatuba.

Para o Prefeito Nilson Gaspar o incentivo a agricultura urbana é muito importante: “Devemos sempre estimular hábitos alimentares saudáveis. Por conta disso, este projeto é muito bem vindo para fortalecer o convívio comunitário, recriando a ligação entre o campo e a cidade. Com toda certeza cada vez mais vamos ampliar os trabalhos da Horta Solidária.”

A Secretaria de Assistência Social informa que as pessoas interessadas em desenvolver trabalhos voluntários no Projeto Horta Solidária, podem entrar em contato:

CRESANS – Endereço: Rua José Zerbini, 427 – Jardim Regente.

Fone: 3834-4129 / 3834-4104

Foto: Divulgação RIC/PMI

Leia o anterior

LADRÃO TENTOU FUGIR…SE DEU MAL!

Leia a seguir

DESMANCHE ILEGAL DE…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *