Serial killer continua foragido em GO e amedrontando população

Foto crédito: Mais Goiás A força tarefa reúne mais de 500 policiais; maníaco se deslocou para Girassol (GO), onde os populares temem suas investidas criminosas

Compartilhe:

Força policial em busca do maníaco, que permanece foragido e se deslocando pela região

As buscas policiais da região centro-oeste estão incansáveis pelo matador em série que tem amedrontado os populares. A perseguição se estende pela mata, onde os policiais conseguiram localizar uma família que teria sido morta pelo serial killer, Lazaro Barbosa Souza, 32 anos, que permanece foragido.

Conforme o relato dos sequestrados, o maníaco invadiu a propriedade onde rendeu todos e obrigou as mulheres a cozinhar. Em seguida, o assassino levou todos para mata dizendo que os matariam em sacrifício humano. Segundo as vítimas, ele falava coisas desconexas. No local, estavam três pessoas seminuas, das quais um casal e uma jovem, porém, sem nenhum tipo de agressão física.

A força tarefa reúne mais de 500 policiais. O maníaco se deslocou para a cidade de Girassol (GO), onde os populares temem suas investidas criminosas. O serial killer, também temido por praticar rituais satânicos (ver fotos) está cercado na região do Distrito federal (DF).

Lázaro está cercado em uma região de mata em uma área de 10 km² no povoado de Edilândia (GO), 160 km à Nordeste de Goiânia, entretanto, em constante deslocamento, o que dificulta a sua apreensão. Ele é perseguido por ter cometido uma chacina ocorrida na quinta-feira (9), em Ceilândia, no Distrito Federal (DF).
Devido `as suas barbáries, o criminoso foi visto também na noite de segunda-feira (14), quando atirou contra o caseiro de uma propriedade rural em Edilândia. Segundo o funcionário, ele chegou no local pedindo comida e atirou pelo menos cinco vezes contra a propriedade. O caseiro reagiu atirando com uma espingarda, espantando Lázaro.

Realmente foi Lázaro quem esteve naquela propriedade e atirou com uma pistola calibre 380 contra o caseiro, que por sorte, não se feriu. Desde então, foi montado um cerco na região, e, os policiais estão bem perto de conseguir capturá-lo. Houve uma certa dificuldade para trocar as equipes que estão na região, não por falta de efetivo, mas porque os policiais se negam a deixar a área antes de encontrar o psicopata.

RITUAIS

A Polícia Federal do Distrito federal (DF) que está à caça do assassino desde a quarta-feira (9), quando ele matou uma família com requintes de crueldade. Ele matou o pai e dois filhos, e sequestrou a mãe que dias depois foi encontrada morta. Nos últimos dias ele tem se escondido, já chegou a colocar fogo em um carro, baleou três pessoas e levou terror e pânico aos moradores daquela região.

Ele foi visto em Cocalzinho de Goiás, mas segue foragido. Cerca de 200 policiais trabalham para capturá-lo. Chegou a atirar em policiais, e segue foragido, provocando medo. Por conta de sua brutalidade, tem sido notícia no Brasil inteiro. (COM/INDNEWS)

Leia o anterior

Cristiano Ronaldo causa prejuízo de R$ 20 bi à Coca-Cola com gesto antes de entrevista

Leia a seguir

Polícia prende enfermeiro por tráfico de THC para manipular o canabidiol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *