Gabriel da Protechtor tem o pedido de análise no aumento do pedágio oficialmente protocolado junto ao MP

Compartilhe:

“Logo a devida tarifa gera um impacto direto na economia do Município, e que haverá diminuição no fluxo no tráfego, bem como prejudica a população que trabalha em município vizinho (Campinas), gerando um aumento no custo de vida em momento pandêmico”

O empresário e ex-candidato a prefeito de Indaiatuba (SP), Gabriel Silva Gomes, conhecido como Gabriel da Protechtor, protocolou junto ao Ministério Público uma solicitação de análise para redução do valor do aumento da tarifa dos pedágios localizados no Município de Indaiatuba (SP), sendo os localizados na rodovia Engenheiro Ermênio de Oliveira Penteado, junto à Agência Reguladora de Transporte (Artesp) e o instalado no complexo viário Benedicto Amstalden, em Indaiatuba (SP), local denominado como Desvio do Pedágio.


Um dos argumentos utilizados foi de que o acréscimo no último ano (2020) de R$ 0,20 (vinte centavos) e um novo reajuste no ano atual (2021) de R$ 1,20 (um real e vinte centavos), o que significou um total de aumento 8,5%. “Logo a devida tarifa gera um impacto direto na economia do Município, e que haverá diminuição no fluxo no tráfego, bem como prejudica a população que trabalha em município vizinho (Campinas), gerando um aumento no custo de vida em momento pandêmico”, justificou.


Observa-se, também, que consequentemente haverá um aumento nas taxas de entregas oriundas de outros municípios aos consumidores e exportadores da cidade de Indaiatuba. Ao que deveria ser uma atitude coletiva, o empresário dá uma lição de cidadania por entender que a medida autorizada pelo contrato de concessão, firmado entre a AB Colinas e o Governo do Estado de São Paulo, que estipula o reajuste anual, ele emenda: “Mediante isto, peço encarecidamente a V. Exa., na condição de fiscal da Lei, nos termos do art. 127, da Constituição Federal (CF), o acolhimento do pedido, na oportunidade me colocando à disposição para quaisquer esclarecimentos”.


Diante da correção da inflação segundo o Índices de Preços ao Consumidor (IPCA) de junho de 2020 e maio de 2021, da grande crise econômica e política da qual vive o país desde 2014 e do aumento dos preços generalizados, Gabriel atua em exercício civil, o qual espera contaminar a cada munícipe. “Se a moda pegar e se ninguém desistir de lutar por um País mais justo, quem sabe teremos condições mais dignas de pagar impostos e não ter a sensação de ser tão penoso”. (COM/INDNEWS)

Leia o anterior

Programa de Regularização Fiscal Refis-2021 é prorrogado até 23 de dezembro

Leia a seguir

Homem tira a roupa e fica pelado no Shopping Taboão em SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *