6ª Edição da Mostra de Artes Cênicas de Indaiatuba reúne 12 espetáculos online

Divulgação

Compartilhe:

Cia. Arte-Móvel de Teatro abre evento na sexta-feira (23)

Doze espetáculos, sendo dois convidados e dez inéditos, integram a 6ª edição da Mostra de Artes Cênicas de Indaiatuba, que terá início na sexta-feira (23). A abertura contará com a peça convidada E o Sol Avermelhou, da Cia. Arte-Móvel de Teatro, às 20h, acessível em Libras. Na sequência, todos os espetáculos poderão ser conferidos no canal do YouTube da Prefeitura de Indaiatuba, que promove o evento por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e também pelo portal Cultura Online.


“Mantemos a Mostra de Artes Cênicas em exibição online pelo segundo ano consecutivo, para que os artistas e companhias locais continuem produzindo, mesmo sem a possibilidade de nos apresentarmos presencialmente no teatro”, conta a secretária municipal de Cultura, Tânia Castanho. “Para tanto, desafiamos todos a apresentarem um trabalho inédito, com classificação indicativa livre”.


A 6ª Mostra de Artes Cênicas de Indaiatuba tem como principal objetivo a difusão de trabalhos de grupos de pesquisa continuada, principalmente, e a contribuição para a formação de público e plateia no município. As inscrições aconteceram por meio de Edital de Chamamento Público entre os dias 12 de março e 25 de abril.


As obras habilitadas foram avaliadas por uma curadoria, que avaliou pontos como qualidade artística e cultural, onde foram avaliadas a qualidade e a relevância das ações realizadas e dos projetos desenvolvidos; impacto cultural da proposta para o município; factibilidade, ou seja, coerência da proposta com o valor contemplado; e qualidade técnica e originalidade.


Abertura
A Cia. Arte-Móvel de Teatro nasceu no ano de 2009 na cidade de Americana, com o intuito de aprofundar-se em um teatro pautado na reflexão. Assim, tornou-se referência no interior do Estado de São Paulo, tanto pela perpetuidade de seu trabalho quanto pelo embasamento de suas pesquisas, qualidade estética e seriedade ao tocar em temas profundos e necessários.
Em 2017, mudou-se para Santa Bárbara D’Oeste e manteve sua linguagem, com cinco espetáculos em repertório, tendo realizado importantes circuitos como Programa de Ação Cultural de São Paulo (ProAc) Editais e Viagem Teatral do Serviço Social da Indústria (Sesi), sempre buscando amalgamar as técnicas do corpo expressivo, da interpretação e do movimento na potencialidade da cena, focados acima de tudo, na transformação através da arte.
Confira a sinopse do espetáculo: o Sol avermelhou e uma pequena família de retirantes migra de vilarejo em vilarejo em busca dos bens naturais perdidos. Andam, perambulam e caminham os andejos. No curso dessa vereda avistam um místico povoado onde descobrem que somente a filha da terra poderá restaurar o equilíbrio e salvar a humanidade.
E o Sol Avermelhou será disponibilizado gratuitamente por contar com financiamento público através do Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, do Governo Federal, com recursos da Lei Aldir Blanc, e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, por meio do ProAc Expresso LAB. O espetáculo será exibido até domingo, 25 de julho.
Confira abaixo todos os espetáculos da 6ª Mostra de Artes Cênicas de Indaiatuba, que serão disponibilizados no canal da Prefeitura de Indaiatuba a partir das 21 horas de sexta-feira, 23 de julho, pelo período de 30 dias.
Artportalita, com Jéssica
Em suspense que se passa na cidade de Indaiatuba, Marcos acaba de romper com sua namorada Thaís e na mesma noite conhece Jéssica no Parque Ecológico. Daí surge uma amizade e logo Marcos se vê atraído pela garota. No entanto, com o passar dos dias, descobrirá detalhes perturbadores sobre Jéssica.
Duração: 46 minutos
CHProdart, com Panela Velha Não Faz Comida Boa
Comédia sobre duas histórias envolvendo panelas que viram notícias no programa jornalístico Plantão Urgente, narradas pelo polêmico apresentador Silvera Jr. A primeira história mostra Ivanilda, uma empregada doméstica que sonha em ser atriz e trabalha para Mara, uma renomada cineasta que está viajando. Em sua desenfreada vontade de ser rica e famosa, Ivanilda vê uma oportunidade ao se passar por Mara no programa culinário Cozinhando com Famosas. Mas sua grande chance se torna uma verdadeira tragédia.
A segunda história é uma entrevista polêmica no Plantão Urgente, onde o famoso repórter investigativo Alberto Cabrito entrevista a mulher que foi acusada de matar o marido a paneladas.
Duração: 47 minutos
Coletivo Fleuma, com Meu Crânio é Maior que o Seu
Experiência teatral parte, sobretudo, de uma obsessão poética-imagética do autor Marcus Mazieri em relação ao crânio, que o leva a se colocar no desafio de criar uma peça de teatro com isso.
O desenvolvimento da pesquisa para a peça acaba por levá-lo à história do crânio de Piltdown, notória farsa arqueológica realizada por Charles Dawson no início do século XX, e a sua curiosa relação com o escritor Arthur Conan Doyle.
Duração: 57 minutos
Fá Sustenido, com Enquanto Isso… no Ateliê de um Deus Qualquer
Obra mostra a rotina criativa de um deus de outra dimensão que passa seus séculos produzindo máscaras e bonecos aos quais dá vida quando os atravessa por uma porta. Vemos a rotina, a bagunça e as transformações desse ateliê, bem como as alegrias, o cansaço e os sonhos do artista que nele trabalha.
Vemos também os primeiros minutos de vida de um ser muito curioso, que ele cria e envia para um lugar colorido cheio de objetos e novidades.
Duração: 48 minutos
Grupo Anankê, com A Morte do Mané Bufão
Conheça a hilária história do preguiçoso Mané Bufão, que não se levanta nem para pegar um copo de água. Sua esposa, Dona Totonha, trabalha duro e o sustenta, mas chegou ao seu limite e fez o preguiçoso procurar um trabalho.
Indignado com a atitude da esposa, ele chama pela Dona Morte, mas para sua surpresa ela surge diante dele em “carne e osso”. Após uma negociação, a Dona Morte diz que somente não levará o Mané se ele arranjar um trabalho no prazo de 24 horas. Será que Mané Bufão vai conseguir?
Duração: 45 minutos
Grupo Fântaso, com Yakecan
Yakecan é um jovem índio, que conta histórias da sua tribo. As lembranças ao lado da fogueira, no terreirão, ouvindo seu avô contar lendas e contos antigos, são repassadas através de imaginação e criatividade. Com objetivos cênicos inanimados e comuns naquele lugar, ele remonta os contos e faz com que aquilo se torne quase real.
Duração: 45 minutos
Grupo de Teatro T.Art, com Carlinhos e o Gato
Conheça a história de um menino e um gato, adotados por uma mulher chamada Malvada, cujo único intuito é usá-los para fazer coisas erradas. No entanto, quando eles percebem isso, resolve mudar de vida, principalmente depois de conhecer Dona Nalva e Seu Coelho, que mostram através de exemplos que uma vida desonesta não compensa.
Duração: 59 minutos
Nando Almeida, com Eu Não Sou um Cara Fácil
Monólogo teatral que retrata um artista que ama a arte além de tudo. Uma narrativa ancorada no cotidiano de um ator em decadência, que dentro dos seus perrengues diários acaba se apaixonando pela voz de uma robô. Um espetáculo poético que busca como partida alguns poemas do pré-modernista Augusto dos Anjos.
Seremos todos robôs a ponto de evitarmos um abraço? Nessa rede de dados, números e possibilidades de compatibilidade, o SER humano ainda sofre ajustes, mesmo que inconscientemente.
Duração: 45 minutos
Sanfelix Produções, com Nós
A leitura dramática tem a função de nos remeter às possíveis nuances e intenções das personagens em uma história, roteiro, texto dramático ou texto poético. Este trabalho apresenta e narra uma história de amizade, amor e arrependimento.
A história começa com o personagem Lipe, aos 30 anos, em um mirante, esperando por seu melhor amigo Rafa. As passagens narradas são marcadas por lembranças. Lipe revive os dez anos de idade, início da amizade, e os vinte anos, momento de turbulência entre os amigos.
Duração: 45 minutos
TCM Produções, com Contos da Floresta
Cigarra Cici disputa com Dona Lentidão o prêmio de melhor cantora desse lado do rio. Na floresta, depois do programa, ela sai em busca de reconhecimento e encontra a Formiga Vilmar, que alerta sobre o inverno, mas ela não dá bola e segue cantando.
Do outro lado, a Lebre Rosita aposta uma corrida com Dona Lentidão, quem será a mais rápida? Tudo isso comandado pelo apresentador Gambá Marcial e seu assistente Porquinho Clerosvaldo. Se sentem nos sofás e sintonizem a TV Grama, diretamente pela gota de orvalho, e assistam a mais um programa especial.
Duração: 45 minutos
WM Teatro, com Floresta Viva (peça convidada)
Dois exploradores embarcam numa aventura na Mata Atlântica para capturar plantas valiosas e animais exóticos, afim de comercializarem estes seres indefesos. Os animais se veem ameaçados e se unem para proteger a floresta da ambição humana. Está preparado para esta grande lição? (Fabio Alexandre RCI/PMI)
Duração: 45 minutos

SERVIÇO
6ª Mostra de Artes Cênicas de Indaiatuba
Data: 23 de julho
Horário: 20 horas
Onde assistir:
YouTube da Prefeitura de Indaiatuba – www.youtube.com/prefeituradeindaiatubaoficial
Cultura Online – www.indaiatuba.sp.gov.br/cultura-online/

Leia o anterior

Prefeitura convoca para receber a 2ª dose da CoronaVac público de 47 a 49 anos quarta e quinta (21 e 22)

Leia a seguir

Secretaria de Saúde encerra imunização contra a gripe na Praça D. Pedro com 6.308 aplicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *