Quem são as vítimas do atirador que invadiu uma escola no Texas

Compartilhe:

Jovem de 18 anos foi o autor do ataque contra alunos e professores e morreu ao trocar tiros com a polícia
Ataque na escola primária Robb na cidade de Uvalde, no Texas, deixou 21 pessoas mortas, sendo 19 alunos e duas professoras. As circunstâncias do massacre ainda estão sendo investigadas e a identidade das vítimas ainda está sendo confirmada pelas autoridades americanas. O autor foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos, que morreu após trocar tiros com a polícia. Ele comprou dois fuzis no dia do aniversário e atirou na avó antes de ir até o local onde abriu fogo.

Veja quem são as vítimas que tiveram a identidade confirmada.
atirador que invadiu uma escola no Texas
Nesta terça-feira, um jovem invadiu uma escola primária da cidade de Uvalde, no sul do estado do Texas, nos Estados Unidos, e abriu foto contra alunos e professores, matando pelo menos 19 crianças e dois professores.
Segundo informações a polícia norte-americana, o responsável pelos tiros foi identificado como Salvador Ramos, um rapaz de 18 anos que frequenta a escola secundária local.
A motivação do ataque ainda não está clara para os investigadores, mas sabe-se que ele abandonou um veículo próximo à escola e entrou armado com revólver e com um rifle e vestia u, colete à prova de bala. Os investigadores acreditam que antes de sair de casa para cometer a chacina, ele tenha matado sua avó.
Em uma conta do Instagram supostamente pertencente a Salvador, investigadores descobriram uma foto de dois fuzis semelhantes ao AR-15 postadas apenas três dias antes do ataque. Seus colegas de classe confirmaram que a conta pertencia a ele
LEIA TAMBÉM: ‘Médica tuiteira’ xinga paciente que foi ao PS com infecção urinária durante a madrugada
Outro amigo disse que ele era insultado por outros colegas pelas roupas que usava r peça condição financeira de sua família, e acabou lentamente deixando de ir para a escola. Nos dias anteriores ao ataque, ele mandou uma foto para esse amigo de um fuzil e uma bolsa cheia de balas. Ao questioná-lo sobre o que ele pretendia fazer com aquilo, ele respondeu: ‘Estou muito diferente agora. Você não me reconheceria”, disse.
Na noite após o ataque, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, fez um discurso atacando o setor de armas do país e conclamando a população a lutar contra a indústria armamentista. “Sabemos que há tragédias, mas precisamos lidar com o banimento dessas armas”, disse.

Leia o anterior

Projeto 100% Saúde abre inscrições presenciais a partir desta quarta-feira na UniMAX

Leia a seguir

Jovem é morta a tiros na saída de escola em Pinda; ex é o suspeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *